(51) 3723-7293 (51) 9-9920-7592

Peñarol da Boa Vista é o destaque do Freio de Ouro uruguaio

às
1 comentário

O Uruguai promove até o próximo domingo a sua classificatória ao Freio de Ouro 2019. Entre os 27 conjuntos inscritos para a seletiva de Montevidéu, chama à atenção a presença do atual campeão na categoria dos machos: Danzarino de La Colina, da Bella Estância S.A, montado por Claudio Fagundez.

Mas, para conquistar o bicampeonato, terá de superar três fortes conjuntos brasileiros: Del  Oeste do Purunã, da Estância São Rafael de Balsa Nova (PR), montado por Marcelo Moglia; Campana Zafarrancho, da Estância Santa Leocádia de Bagé (RS), com o ginete Ricardinho Wrege e o atual Freio de Prata, Peñarol da Boa Vista.

Novamente na mão de Fabinho Teixeira da Silveira, o cavalo da Cabanha Boa Vista de Vacaria (RS) é apontado como um dos principais favoritos ao título deste ano.

Não é para menos. O colorado nascido em setembro de 2008 tem uma carreira ascendente. Começou fazendo campanha morfológica em 2011. Dois anos depois foi o terceiro melhor cavalo adulto da Expointer.

Ainda em 2013 teve a sua primeira experiência em uma prova funcional, ao ganhar a etapa de Vacaria da Campereada. Na final nacional disputada em Esteio, ficou em quarto lugar. O cavalo também foi eleito o Selo de Raça da competição.

A escalada de sucesso no Freio de Ouro começou em 2017. Já com Fabinho de ginete, Peñarol da Boa Vista foi Bocal de Alpaca e, meses depois, conquistou o Freio de Bronze.
No ano passado, cavalo e cavaleiro novamente mostraram entrosamento e confirmaram porque formam um dos melhores conjuntos da atualidade.

Inicialmente veio o Freio de Bronze da Expo FICCC e, em uma final emocionante com JA Libertador e Guto Freire, conquistaram o Freio de Prata da ABCCC.

Chegou o ano do filho de Chicão de Santa Odessa e Catarina do Itapororó ganhar o tão sonhado Freio de Ouro? Primeiro precisa se classificar no Uruguai, mas as apostas já estão abertas.

Por Sandro Fávero

Foto: Felipe Ulbrich