(41) 3122-2091 (51) 9-9920-7592

Semana com muita chuva para o Rio Grande do Sul; Climatempo fala em ciclone extratropical

às
Nenhum comentário

O começo da semana será marcada por chuvas intensas no Rio Grande do Sul, de acordo com a rodada mais recente dos modelos meteorológicos. Segundo as previsões da Climatempo, um sistema de baixa pressão entre o norte da Argentina e o Paraguai vai favorecer a formação de nuvens carregadas sobre grande parte do estado. “Atenção especial à Fronteira Oeste gaúcha, onde a chuva vem acompanhada por muitos raios, rajadas de vento entre 40-50km/h e eventual queda de granizo”, complementa. 

Em relação aos volumes, o modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuvas de até 70mm no oeste gaúcho entre esta segunda e terça-feira (7). O modelo mostra ainda que a tendência é avanço da chuva para as demais áreas do estado, mantendo a tendência de chuva muito forte nos próximos dias no Rio Grande do Sul. 

“Na terça-feira (07), o sistema de baixa pressão começa a se deslocar em direção ao estado gaúcho, mantendo as rajadas de vento moderadas a fortes, especialmente no litoral e região sul, áreas onde a velocidade do vento varia entre 60-80km/h, especialmente entre a tarde e noite”, complementa a Climatempo. 

Já na quarta-feira (8), a consultoria prevê a evolução do sistema para um ciclone extratropical. “Praticamente todo o Rio Grande do Sul ainda fica sob alerta para o potencial de tempestades, com destaque para a Campanha, Depressão Central, e região Metropolitana da Capital. Os volumes de chuva são elevados neste dia sobre o estado, o que pode gerar transtornos em áreas vulneráveis, como alagamentos e deslizamentos de terra”, afirma. 

De acordo com a Administração Oceânica Atmosférica (NOAA), no período entre 6 e 14 de setembro, a tendência é de chuvas de até 125mm no Sul do Brasil, com destaque para o centro-sul do estado que deve receber os maiores volumes. Além do Rio Grande do Sul, também indica chuvas entre 40mm e 50mm em Santa Catarina e no Paraná e condição de umidade em algumas áreas do Brasil Central, porém com volumes baixos.  Já no período entre 14 e 22 de setembro, início da primavera, o NOAA reduz a condição de chuva no Rio Grande do Sul, mas prevê chuvas no Paraná, Mato Grosso do Sul e áreas do Sudeste, com precipitação entre 35mm e 40mm.

Fonte: Notícias Agrícolas