(41) 3122-2091 (51) 9-9920-7592

Estado do Paraná movimenta a raça Crioula no final de semana

às
Nenhum comentário

Com as semifinais da Raça no ciclo 2022 chegando cada vez mais perto (as inscrições para o Bocal de Ouro e para a Morfologia Passaporte Outonal estão abertas, você viu?), o ritmo dos eventos regionais do Cavalo Crioulo nos Núcleos vai amenizando… Mas não para! No último final de semana, no estado do Paraná foram realizadas 4 provas do Cavalo Crioulo, entre os municípios de Pato Branco e Campo Largo. Já no Rio Grande do Sul, uma prova de Doma de Ouro com mais de 150 conjuntos participantes aconteceu em Rolante. Continue lendo para saber mais:

Pato Branco/PR

De 1º a 3 de abril, o NCCC do Sudoeste do Paraná promoveu, em Pato Branco, um evento recheado de Freios: Classificatórias aos Freios Jovem e do Proprietário, e a sua 16ª Credenciadora Aberta ao Freio de Ouro. Com julgamento de Everson Cristiano Breda, João Arísio e Rafael Fagundes Sant’Anna, as competições tiveram a supervisão técnica de Thiago Orlando. Na categoria Fêmeas da Credenciadora, foi a égua Poesia do Recanto Crioulo, montada por Cauê Hartmann, que encerrou as disputas no primeiro lugar do ranking. Na categoria Machos, venceu o conjunto de Homero 76 do Imaguare com o ginete Fábio Teixeira da Silveira. 

Campo Largo/PR

Mais ao leste do estado, na Região Metropolitana de Curitiba, o município de Campo Largo sediou, no sábado, a 6ª Exposição Morfológica do NCCC Paraná. Gustavo Arhanitsch fez a supervisão técnica do evento, e Rodrigo Teixeira avaliou a conformação dos 42 animais confirmados e 24 incentivos que participaram da exposição. Ficou com título de Melhor Exemplar da Raça a Grande Campeã da categoria Fêmeas: a gateada Imperatriz do Açungui, RP 36 da Cabanha Açungui, de Balsa Nova/PR. Entre os machos, recebeu o título de Grande Campeão o potranco de pelagem colorada Santa Larissa Forasteiro, da Cabanha Santa Larissa, de Tijucas do Sul/PR. 

Rolante/RS

Em Rolante/RS, o Parque de Eventos Estância Liberdade recebeu 154 participantes para as provas do Redomão Don Arturo, evento organizado pelo domador Júnior Chileno com o Núcleo Encosta da Serra de Criadores de Cavalos Crioulos. A avaliação dos conjuntos da Doma de Ouro ficou a cargo dos jurados Francisco Fleck e Lauro Martins, e o responsável pela supervisão técnica do evento foi Marcelo Coelho. Ao término do final de semana de celebração do trabalho dos domadores, nesta nona edição da Don Arturo, quem conquistou o primeiro lugar no Redomão foi Everaldo Silveira, montando a potra San Fernandina Dinastia. O conjunto atingiu a média final de 98,500 pontos, garantindo o prêmio máximo entregue no evento: 40 mil reais. 

Fonte: ABCCC

Itens relacionados