(41) 3122-2091 (51) 9-9920-7592

Senado aprova reconhecimento cultural da Marcha de Resistência do Cavalo Crioulo

às
Nenhum comentário

Em mais uma manifestação do prestígio nacional do Cavalo Crioulo e da cultura a ele atrelada, foi aprovado pelo Plenário do Senado nesta terça-feira (7) o projeto de lei que torna a Marcha de Resistência do Cavalo Crioulo do Rio Grande do Sul uma manifestação da cultura nacional e impõe ao poder público assegurar a livre realização dessa atividade (PL 408/2019). De autoria do Deputado Federal Afonso Hamm, a matéria já tem aprovação também na Câmara dos Deputados, e segue agora para sanção presidencial.

No Senado, o projeto foi aprovado com relatório favorável do senador Lasier Martins, que disse que a iniciativa contribui para “conferir legitimidade ao caráter cultural dessas manifestações, particularmente daquelas que sofrem algum tipo de preconceito em razão de sua origem social”. O relator afirmou: “A Marcha do Cavalo Crioulo faz parte do patrimônio cultural gaúcho. (…) é um fator de identidade do povo gaúcho”. 

A Marcha de Resistência é uma prova que tem como objetivo selecionar rusticidade, resistência e capacidade de recuperação do Cavalo Crioulo. Para a realização das provas, os animais ficam concentrados durante os 30 dias que antecedem a largada a fim de terem as suas condições físicas e nutricionais equiparadas. Logo depois, observada a saúde do animal, são percorridos 750 quilômetros em 15 dias. Neste ciclo, a Marcha Anual de Resistência ocorre no município de Quaraí, com largada no dia 18 de junho. Os animais participantes já estão em concentração desde 19 de maio.

ABCCC no Palácio do Planalto

Também nesta terça-feira, a ABCCC, representada pelo seu Presidente Onécio Silveira Prado Júnior e pelo Gerente do Setor de Provas, Gérson de Medeiros, reuniu-se com o Presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em Brasília. Acompanhados do Deputado Federal Afonso Hamm, eles entregaram a Jair Bolsonaro o convite para a final do Freio de Ouro 2022, que acontecerá durante a Expointer, em Esteio, e vai marcar os 40 anos da prova e os 90 anos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos. 

Também acompanhou o encontro o Presidente do Núcleo de Criadores do Distrito Federal, Floriano Dutra Neto. Na ocasião, o presidente da ABCCC também fez a entrega de um freio alusivo à prova, em agradecimento ao apoio prestado pelo governo no crescimento do Cavalo Crioulo pelo Brasil e no desenvolvimento da Associação da raça.

Fonte: ABCCC

Itens relacionados