(41) 3122-2091 (51) 9-9920-7592

Seletivas do Freio de Ouro, Jovem e do Proprietário marcam fim de semana em Camaquã/RS

às
Nenhum comentário

Este final de semana de sol e calor, em pleno verão, para alguns pode ter sido um convite para vestir trajes de banho e ir à praia. Para outros, porém, foram dias de pilcha completa e foco na competição. Este último é o caso dos crioulistas de Camaquã/RS, que tiveram quatro dias (quinta a domingo, 20 a 23) de programação intensa, nos seus primeiros passos no Ciclo 2022 do Cavalo Crioulo. Seletivas do Freio de Ouro (Credenciadora Aberta e de Inéditos), do Freio Jovem e do Freio do Proprietário compuseram a programação do final de semana, que também abrangeu uma Concentração de Machos — tudo sob a supervisão técnica de Carlos Marques Gonçalves Neto. 

Contando com o aporte especial de R$12 mil entregue pela ABCCC aos Núcleos que cumprem os requisitos para realização das Credenciadoras no Ciclo 2022, o Núcleo José Júlio Centeno Coutinho assegurou que fosse feito de um evento de qualidade. É esta a avaliação de Bruno Silveira, o presidente do Núcleo de Camaquã: “Segundo muitos concorrentes, fora a pista de Esteio, esta é uma das melhores pistas pra se correr hoje. Nós trabalhamos com gado 100%, pista 100% e local dos acampamentos com toda a estrutura. Recebemos bastante elogio pelo evento feito, e isso muito nos orgulha”, disse. O expositor Ricardo Kroef, em seu perfil em uma rede social, fez questão de trazer a público o elogio ao evento: “Calor de 40 graus não impediu um show de organização, pontualidade e recepção elogiável aos competidores, equipes e envolvidos”.

Na quinta (20), doze Crioulas e dez Crioulos fizeram a sua estreia nas provas do Freio de Ouro participando da Credenciadora de Inéditos. Os jurados responsáveis por avaliar esta seletiva foram Felipe Caccia Maciel, Leonardo Rodrigues Teixeira e Luiz Antero de Oliveira Peixoto. Na Credenciadora Aberta, participaram 16 animais no total, sendo 8 de cada sexo. Os conjuntos foram julgados por Manoel Vanderlei Braz Gonçalves, Pedro da Silva Farias e Roberto Martins Crespo.

No Freio do Proprietário, foi 14 o número de conjuntos concorrentes; já no Freio Jovem, foram 4 participantes, todos competindo na categoria Juvenil Masculino. Os jurados responsáveis pela avaliação no Freio do Proprietário foram os mesmos a julgar na Credenciadora Aberta, e o trio que avaliou as provas do Freio Jovem foi o mesmo da Credenciadora de Inéditos.

Mais cedo nesta semana…

Na quinta-feira (20), outro município gaúcho realizou a seletiva do Freio dos jovens ginetes. Na fronteira sudoeste do estado, em Jaguarão, onde é sediada todos os anos a Marchita da Gurizada, os jurados Gustavo Silveira Rodrigues, João Ricardo Malheiros de Souza e Rouget Gigena Wrege se reuniram para avaliar o desempenho de crianças e adolescentes na classificatória do Freio Jovem. Sete conjuntos competiram, sob a supervisão técnica de Thiago Orlando.

Fonte: ABCCC

Itens relacionados